Após chuvas, quatro reservatórios de água da região Oeste potiguar saem do volume morto

As chuvas que caíram no interior do Rio Grande do Norte nos últimos dias fizeram com que quatro reservatórios da região Oeste do estado saíssem do chamado volume morto – nome que se dá à reserva de água mais profunda das represas, que fica abaixo dos canos de captação que normalmente são usados para retirar água. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira (9) pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn).

Deixaram a situação de volume morto os açudes Passagem, na cidade de Rodolfo Fernandes, Malhada Vermelha, em Severiano Melo, Açude Jesus, Maria, José, no município de Tenente Ananias, e Tourão, em Patu.

Dos 47 reservatórios com capacidade superior a cinco milhões de metros cúbicos monitorados pelo Igarn, atualmente, 15 estão em volume morto. Isso representa 31,91% dos mananciais monitorados. Em termos comparativos, no último relatório, divulgado no dia 2 de abril, os reservatórios em volume morto eram 19, o que representava 40,42% do total de mananciais monitorados.

Já os reservatórios que ainda estão secos são seis, 12,76% do total. No dia 2 de abril, 11 reservatórios ainda estavam sem água, 23,40% dos monitorados.

Reservatórios que saíram do volume morto:

Açude Passagem - Rodolfo Fernandes - 24% da capacidade totalAçude Malhada Vermelha - Severiano Melo - 14,54% da capacidade totalAçude Jesus, Maria, José - Tenente Ananias - 7,10% da capacidade totalAçude Tourão - Patu - 5,75% da capacidade total


*G1RN

0 comentários:

Postar um comentário