TRE mantém elegibilidade do deputado Tomba e mandato da prefeita Fernanda Costa

O deputado Tomba Farias (PSDB) repercutiu há pouco, no plenário da Assembleia Legislativa, a decisão do TER que reformou a decisão judicial em primeira instância que determinou a cassação da prefeita de Santa Cruz, Fernanda Costa (MDB), sua esposa, e sua inelegibilidade.

Tomba e Fernanda foram acusados de abuso de poder pelo fato de um grupo de idosos do município terem participado de um passeio a uma praia, e instalados na casa de verão de herdeiros do deputado.

Para a justiça local, o passeio ocorrido em 2016 teria sido eleitoreiro e beneficiado a reeleição da prefeita.

Na defesa dos dois, foi explicado que a diferença de milhares de votos da prefeita reeleita em relação ao segundo colocado, não havia sido alterado em nada, vez que os idosos citados não eram mais obrigados a votar e o número não alteraria em nada o resultado da eleição.

A Corte Eleitoral entendeu da forma da defesa do deputado e da prefeita, suspendeu o processo de cassação de Fernanda e manteve a elegibilidade do deputado Tomba, que deixou o PSB, se filiou ao PSDB e vai disputar reeleição este ano.


*Thaisa Galvão 

0 comentários:

Postar um comentário