Acusado de encomendar morte da vereadora Marielle é transferido do Rio para presídio de Mossoró

Sobrou para o Rio Grande do Norte.

O ex-PM Orlando Oliveira de Araújo, suspeito de ser um dos mandantes do assassinato da vereadora carioca Marielle Franco, foi transferido hoje do presídio Bangu I, no Rio de Janeiro, para o presídio Federal de Mossoró.

Orlando, que está preso desde outubro, é apontado como chefe de uma milícia na zona Oeste do Rio.

O advogado do ex-PM entrou com um pedido de habeas corpus para que ele responda pelos crimes em liberdade e o julgamento do habeas corpus está marcado ainda para hoje.


*Thaisa Galvão 

0 comentários:

Postar um comentário