Lutador Rayron Gracie vem ao Brasil para ver a mãe, espancada durante quatro horas

Foto: Instagram / Reprodução

Filho da paisagista Elaine Peres Caparroz, de 55 anos, espancada durante cerca de quatro horas na madrugada do último sábado, o lutador Rayron Gracie, de 17, mora nos Estados Unidos e, após o episódio, está vindo para o Brasil para ver a mãe. Nesta segunda-feira, o jovem postou uma declaração de amor para a mãe nas redes sociais e ganhou o apoio de centenas de pessoas. Suspeito das agressões, o advogado Vinícius Batista Serra, de 27 anos, foi preso por tentativa de feminicídio.

Segundo Rogério Peres, irmão de Elaine, o esforço agora se concentra em cuidar da irmã e manter o acusado preso:

— Ele não pode voltar para o convívio da sociedade, não pode encontrar outras pessoas e não pode fazer isso com mais ninguém. A família está consternada. É uma situação chocante, não tem como a gente prever o que um caso como esse vai proporcionar na família. Meu pai é cardíaco, a minha outra irmã está muito traumatizada. A vida da gente parou para a gente dar suporte e atenção a ela.

O irmão da vítima conta que todos os vizinhos, amigos e patentes de Elaine estão assustados com o caso. A vítima é tida como uma pessoa de fácil relação e querida por todos. Ainda de acordo com Rogério, todos que a conhecem estão sentidos com o fato.

— Vocês podem perguntar para quem quiser, ela é uma pessoa super querida. Uma pessoa muito tranquila, vive cercada de amigos — disse ele.

Elaine permanece internada no Hospital Casa de Portugal, no Rio Comprido, na Zona Norte do Rio.Segundo Rogério, ela levou quase 40 pontos dentro da boca. Também sofreu fratura no nariz e nos ossos da órbita (região próxima aos olhos). Elaine passará por uma avaliação nesta segunda-feira com um médico bucomaxilofacial. Ela fez uma tomografia, que não apontou danos neurológicos. Elaine também perdeu um dente.

— Ontem (domingo) à noite ela estava estável, e os médicos estão acompanhando a evolução do caso. Os traumas em si é que estão muito ruins — disse ele.

Um boletim médico divulgado na manhã desta segunda-feira informou que Elaine será transferida da UTI para um quarto. Segundo o informe, ela segue em estado estável e permanecerá em observação. O coordenador da clínica médica do hospital, Hélio Primo, afirma que não há necessidade de cirurgias, já que o tratamento será feito apenas com medicamentos.

O Globo

0 comentários:

Postar um comentário